quarta-feira, abril 20, 2011

Novas notícias...

     Em breve estaremos postando sobre as primeiras programações feitas aqui em Bissau, primeiros sermões e primeiras visitas, também como foi o Acampamento na Ilha de Bolama e a Mini Semana Evangelística que faremos lá com os jovens...

     Tentarei postar algumas fotos tiradas aqui, vídeos e também algumas palavras que aprendemos em criolo... vão perceber como umas são bem parecidas e outras o quanto são diferentes... Também temos a idéia de entrevistar jovens, irmãos e líderes daqui, contando um pouco de sua hisória, trabalho e conversão...

     Gostaríamos que vocês também fizessem sugestões em relação ao que querem que postemos aqui, esse é o objetivo, compartilharmos experiências...

     Devido ao acesso lento a internet nem sempre estaremos postando pois nos toma muito tempo... pedimos que compreendam, mas, não deixem de acompanhar e divulgar essa Missão...


     Lembrem-se:
"Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e foram chamados segundo o seu propósito" Romanos 8:28

Planos para o Trabalho em Bissau

Vou contar a vocês um pouco de como será o trabalho aqui em Bissau...

( Não consegui postar todas as fotos, vou tentando e vocês vão acompanhando... )
    
     O objetivo central de nossa vinda até aqui é o Evangelismo e Plantio de Igrejas, mas, para que isso realmente se torne real há muito para ser feito, um grande preparo para que o objetivo seja alcançado.

     Estarei trabalhando diretamento com regiões que abrangem 3 grupos de Bissau, Bairro Santa Luzia ( local alugado ), Bairro Militar ( possuem um pequeno local ) e Bairro Aeroporto ( reunem-se em uma pequena sala de aula emprestada por uma escola ), além de um apoio espeicial ao Departamento Jovem, Desbravadores e Aventureiros da Igreja Central.


Grupo do Bairro Santa Luzia


Gurpo do Bor

Escola onde se reúnem no Bairro Aeroporto

Grupo do Empancha
     

Bairro Militar


      No mês de julho deste ano virão alguns alunos do 4º ano de Teologia do UNASP  juntamente com o Pr. Sérgio Festa para uma Campanha Evangelística de 15 dias,  para que esta campanha seja bem sucedida em todos os pontos vamos nos esforçar ao máximo para preparar tudo para a chegada deles,  com isso agora a princípio estarei  me organizando da seguinte forma: conhecendo cada grupo,  reunindo-me com a liderança, visitação à liderança, visitação aos membros, visitação aos membros afastados e visitação a interessados.


Irmãos do Santa Luzia

Irmãos do Empancha

Irmãos do Bor

Irmãos do Bairro Militar

Irmaõs do Aeroporto

Um pouco mais dos irmãos do Aeroporto

    










 
     Paralelamente a esse trabalho de visitação que é fundamental para que eu possa conhecer e analisar a necessidade de cada grupo, fortaleceremos os irmãos com sermões evangelísticos e doutrinários,  treinamento de departamentos, treinamento exclusivo de evangelismo ( como realizar uma série evangelística, divulgação, recepção, programa, etc... ), implantação de pequenos grupos e implantação de duplas missionárias.
     Como já tivemos uma reunião com os Diretores do Departamento Jovem, Desbravadores e Aventureiros da Igreja Central, traçamos alguns projetos a serem desenvolvidos durantes os meses que estão por vir como: Pequeno Grupo Jovem toda sexta-feira às 20:15 , GRUPEC (Grupo de Encenação Cristã) toda segunda-feira às 19:30, Reunião do Clube de Desbravadores aos domingos às 16:00 e Aventureiros às 9:00, Acampamento Jovem entre 22-27 de abril na Ilha de Bolama, Serenatas para aniversariantes e afastados 1 vez por mês, Projetos comunitários e sociais a cada 3 meses, reunião social de 15 em 15 dias aos sábados à noite, Domingo Total ( gincana com equipes ) no final de maio, e  claro todo sábado um Culto Jovem animado, com muito louvor e adoração... assim vai... com muitos projetos...
No dia da Reunião em nossa casa, com a Diretoria Jovem, Desbravadores e Aventureiros

Perceberam que aqui a Mulherada da Igreja está na atividade...

       Como todos os grupos que estarei trabalhando só reúnem-se aos sábados, tentarei conversar com a liderança para vermos a possibilidade de nos reunirmos em um culto de adoração pelo menos mais uma vez durante a semana. Conversando com a irmã Nínive diretora do Grupo de Santa Luzia ela me disse que eles possuem um gerador e isso não seria o problema, a questão é que durante a semana à noite o local é usado como um cinema ( na verdade passam episódios de novelas brasileiras da TV Record e cobram ingresso ) neste horário, ela afirmou que conversaria como proprietário, mas, adiantou-me que seria praticamente impossível;  ainda vou conversar com o diretor do Bairro Militar,  sei que  no Aeroporto eles não possuem gerador e reúnem-se em uma pequena sala cedida por uma escola. { Gostaria de refletir um pouco com vocês... enquanto no Brasil temos belos templos, com energia elétrica, toda a estrutura possível para realizar qualquer reunião e culto,  além de pessoas capacitadas para dirigir qualquer tipo de treinamento possível e necessário... aqui os irmãos estão sedentos para ouvir a palavra, serem treinados, capacitados e assim trabalharem mais para a obra de Deus... amigos e irmãos brasileiros... fica a pergunta: O que falta aos nossos membros? }
      Necessitamos de toda oração e apoio possível para que a mensagem seja levada a toda a população guineense, lembrem-se que 50% da população é animista ( adora os espíritos e cultua a Irã – Diabo ) e 45% é muçulmana... em breve postaremos aqui projetos que precisaremos e um apoio um tanto quanto forte e concreto... desde já orem por isso!
Deus está a frente!


 

terça-feira, abril 12, 2011

O que você acha ?

       Na quinta-feira à noite, dia 30-04 fomos convidados pela Ema ( uma jovem adventista que é nossa vizinha,  mora com a família do Pr. Gaspar ) para irmos com ela ao ensaio do coral jovem na Igreja Central de Bissau... Amigos e irmãos brasileiros... fiquei com o coração cortado e também com o ânimo fortalecido ao chegar na igreja às 20:00 e não ver as luzes acesas... só se  ouvia as vozes do coral do lado de fora... ao entrarmos percebemos que o ensaio era a luz de vela ( uma única vela sobre a mesa ) e os jovens alegres, dedicados louvando ao nosso Deus... Que lição para todos nós que deixamos o comodismo tomar conta da nossa vida... para nós que colocamos Deus sempre em segundo plano... que desejamos que tudo sempre esteja perfeito para servir a Deus e realizar algo na sua obra... que exemplo... que incentivo... que repreensão... Confesso que ficamos emocionados ao ouvir aquelas vozes unidas, naquela escuridão, dentro da igreja, adorando a Deus... jovens de valor... muitos deles, que trabalharam o dia todo, estudaram o dia todo, dedicam ainda 2 noites por semana para ensaiarem com o coral...
       Quantas e quantas vezes já saiu de nossa boca a frase: - “Eu não tenho tempo.” ou “Mas, neste lugar, com essas condições?”
       Como somos apegados ao conforto, a comodidade, a coisas tão pequenas, tão insignificantes que esquecemos  do mais importante, que é servir e adorar a Deus... seja onde for,  nas condições que forem e com aquilo que temos...
       É necessário um grande reavivamento, uma grande reforma... não pensem vocês que é na igreja, mas  sim, no meu e no seu coração... pois, nós somos a igreja... enquanto não permitirmos que as arestas do “Eu” sejam lapidadas, e somente o trono de Deus reine em nosso coração, acima das nossas vontades, das nossas verdades, dos nossos achismos... não haverá mudança, não haverá renovação, não haverá reavivamento...
       Hoje Deus nos convida a abrir os olhos... os olhos da fé... enxergar além daquilo que vemos, daquilo que somos, daquilo que amamos, daquilo que valorizamos... enxergar  as maravilhas que podem ser feitas se olharmos para o alto, para Aquele que deve ser o único a dirigir a nossa vida e a moldar o nosso coração... e pode ter certeza que grandes milagres acontecerão... 
       Este é momento... se está sentindo algo diferente ao ler estas palavras, é isso mesmo que está pensando... o toque do Espírito Santo... não lute mais... entregue-se!

Coral Jovem ensaia com a luz de 1 vela...
video

"Precisa haver um reavivamento e uma reforma, sob a ministração do Espírito Santo. Reavivamento e reforma são duas coisas diversas. Reavivamento significa renovação da vida espiritual, um avivamento das faculdades da mente e do coração, uma ressurreição da morte espiritual. Reforma significa uma reorganização, uma mudança nas ideias e teorias, hábitos e práticas. A reforma não trará o bom fruto da justiça a menos que seja ligada com o reavivamento do Espírito. Reavivamento e reforma devem efetuar a obra que lhes é designada, e no realizá-la, precisam fundir-se."
( Ellen G. White - Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 128) 

segunda-feira, abril 11, 2011

Nossa Primeira Semana em Bissau...

Saudações a todos que estão acompanhando esta jornada na qual Deus está no comando...

( Nem todas as fotos consigo postar, a internet é muito lenta, acho que não conseguirei postar os vídeos que estou fazando... bom tenham paciência...)

      Nossa primeira semana em Bissau foi um pouco tumultuada... principalmente para a Gabi que está aqui pela primeira vez... o Pr. Herculano nos acompanhou na quinta pela manhã por algumas lojas no centro da capital, para que pudéssemos realizar uma cotação de preços... precisávamos com urgência de uma geladeira e um fogão ( necessidades básicas para nossa casa e nossa adaptação também )... o Pr. nos disse que ficássemos tranquilos naquele dia pois éramos seus convidados especiais para o almoço ( diga-se de passagem foi muito bom reencontrar a irmã Lidia e saborear sua comida, é uma cozinheira de mão cheia e um doce de pessoa, uma ótima anfitriã e cristã genuína )... Bom, voltando a nossa pesquisa de preços, tudo estava muito caro... um dos grandes problemas neste país é isto, como quase todas as coisas são importadas os preços são altíssimos... mas, era necessidade... gastamos quase todo os nossos 2 primeiros salários com isso ( agora entendemos porque Deus adiou nossa viagem para 2 meses depois do esperado, para que viéssemos com o dinheiro necessário para esses gastos, como Ele é maravilhoso! ), foi somente na sexta-feira que conseguimos comprar nossos utensílios próximo ao Bandim ( um mercado popular onde se vende de tudo aqui em Bissau )... compramos um fogão usado vindo de Portugal ( + ou – R$ 440,00 ) e uma geladeira pequena  um pouco maior que um frigobar ( + ou - R$ 750,00 ), além de pratos, talheres, baldes, bacias, copos, panos de chão, vassoura, etc...

Marceneiros trabalhando em Bissau

       Diferente daquilo que pensávamos ( no meio do ano quando estive realizando o Evangelismo aqui em Bissau não tive oportunidade devido ao tempo corrido de conhecer os mercados, lojas e tudo que possuía Bissau ), aqui existe praticamente tudo que tem no Brasil, o problema é que a preços exorbitantes... fomos ao Mercado Darling no centro para realizar nossa primeira pequena compra para passar o sábado, pois no domingo Dinóca ( uma pessoa incrível!!! ) uma irmã da igreja iria nos acompanhar até do Bandim para comprarmos frutas, verduras, arroz, feijão, etc ( onde tudo é muito mais barato que no centro, dizem até que alguns compram no Bandim e depois vendem no centro )... ficamos assustados compramos somente o básico para o sábado e nossa mini compra chegou a R$ 85,00 ( azeitona, grão-de-bico, batatas, sal, leite em pó, achocolatado, suco, tempero, bolacha, desinfetante, água sanitária, detergente, buchinha )... é saudades dos preços do Brasil ( e olha que pra dizer isso... ). Ah! E lembrando a todos que temos que comprar água potável para beber aqui... ainda bem que não é tão cara... mas, precisamos de muita água, pois além de consumi-la usamos par cozinhar, lavar as frutas e verduras, escovar os dentes... uma garrafa de 1 litro e meio custa R$ 2,00, pelos meus cálculos gastamos 120 litros por semana no mínimo... na estica... no entanto graças ao nosso bom Pai, tudo está dando certo...

Feira, onde encontramos nossas verduras e frutas

      Nosso primeiro pôr do sol em Bissau foi juntamente com o Pr. Gaspar, irmã Alcina e família... momentos adoráveis de louvor, meditação e confraternização... estávamos ansiosos pois no sábado pela manhã seríamos apresentados a Igreja... e como fomos bem acolhidos, bem recebidos, nos sentimos em casa... todos os nossos irmãos ficaram muito felizes por saber que durante os próximos 2 anos estaríamos unidos a eles no trabalho para o Senhor... ( quando o Pr. Herculano nos apresentou ainda disse aos irmãos... 2 anos mas, com possibilidade de renovação... ) nos olhamos os 4 ( eu e a Gabi e o Pr. Jonas e Jiani ) e rimos... só Deus sabe! Foi nesta manhã que a Gabi descobriu que seria Coordenadora da Escola Adventista Betel... quando foi apresentada o Pr. contou a novidade... ela levou um susto.  A tarde participamos de uma reunião de leitura e oração e depois do Culto Jovem ( sempre muito animado, com muitos membros, praticamente o total da parte da manhã ), com muitas música, oração e debates em grupo... Os jovens não esquecem do J.A. que fizemos na nossa despedida em julho do ano passado, dizem que foi o melhor J.A. que já assistiram na vida deles ( valeu o esforço )...

Na casa do Pr. Gaspar ( esse a direita )

Culto Jovem - Debates em Grupo

Culto de Sábado pela manhã - Igreja Central de Bissau

       Vou contar resumidamente nossa semana... Domingo pela manhã estivemos no Estádio Correia, onde os jovens praticavam Desporto ( como dizem Esporte aqui, Futebol 11, como chamam o futebol ), ficamos um pouco conversamos com os jovens e depois fomos ao Bandim, compramos o que era necessário, muita negociação... Aqui eles acham que os “brancos” tem dinheiro... rsrsrsr... ( mal sabem eles que esses  brancos aqui não o tem... rsrsrsrs... ), nossos amigos Ricardo e Dinóca nos acompanharam para isso, eles chegam a dar o dobro do valor de cada coisa, até que as negociações chegam em um valor justo... Quando dão o preço, já devemos falar, mas, é o primeiro preço... se chega até o terceiro preço e o preço final... aí dizem... esse é o preço justo... bom pra mim... tudo certo... quem me conhece sabe que sempre pechincho mesmo... então negociar pode deixar comigo... A tarde fui participar da reunião do Clube de Desbravadores ( de volta a atividade ), me propus a ajudar o Clube com novas idéias e já me deram a incumbência de criar uma entrada especial para um casamento de Desbravadores que irá acontecer em Maio. À noite fomos a igreja para uma reunião de estudo de Profecias com o Pr. Gaspar, com muitos irmãos novamente... alguns de outros grupos da cidade, pois, a Central é a única igreja que possui reuniões no domingo a noite... a todos os outros grupos só tem culto no sábado pela manhã, motivos: aluguel dos lugares, dinheiro para abastecer os geradores, alguns lugares durante a semana a noite são usados para outros fins. E aí Brasil temos nossas igrejas, energia, bons programas, e não temos membros... e aqui eles lutam para conseguir adorar a Deus no sábado pela manhã, saindo de seus lares muitas vezes a pé ( não tem dinheiro para pagar táxi ou toca- toca ) para vir a igreja... precisamos de igrejas construídas em Bissau com urgência pois temos adoradores que querem usá-las.

    Assistindo ao jogo de Futebol 11

      Na segunda  dia 04-04 terminamos de resolver as pendências com a casa, alimentação, arrumação ...  na teça-feira depois de sairmos para comprar nosso colchão e cama ( a princípio não compraríamos a cama devido a economia de dinheiro, mas, nos disseram que era essencial aqui, devido a ratos e ao período das chuvas, onde fica tudo muito úmido ) conseguimos negociar um colchão por R$ 320 e tivemos de mandar fazer uma cama bem simples por R$ 260,00...  as 16:00 tivemos então uma reunião com o Pr. Herculano para direcionarmos nosso trabalho, primeiro as esposas se reuniram com ele e depois eu o Pr. Jonas... O Pr. Herculano já estava ciente que nosso trabalho aqui deveria ter exclusividade na área evangelística e plantio de igrejas e estava totalmente de acordo com isso,  dividiu o campo então para que pudéssemos começar o trabalho... bom eu cuidarei da área do Bairro Santa Luzia, Bairro Militar e Aeroporto e o Pr. Jonas com Cuntum, Bor e Empancha.

  Nosso armário emprestado

       Quarta-feira a Gabi foi conhecer a escola, ser apresentada à direção pelo Pr. Herculano, ela vai contar pra vocês  como tudo aconteceu, é só aguardar... durante o restante da semana com a recomendação do Pr. Herculano e Pr. Gaspar nos dedicamos a traçar nossa estratégia de trabalho, cada um para sua área, separar materiais, organizar as ideias, fazer o plano de trabalho para cada grupo. No sábado o Presidente nos levou para conhecer todos os grupos ( alguns eu já conhecia ), ao chegar ao Santa Luzia os irmãos ficaram muito felizes, pois, grande parte lembrava de mim, também passamos pelo Impancha, o Pr Manoel Sigá estava lá, os irmãos também se lembraram, mas o que foi incrível mesmo, foi a reação do Oceano, um jovem do Bairro Militar, quando estava chegando o vi de longe e gritei... ele ficou paralisado... disse: - Pr. Rudrigu?, respondi: - Sim, voltei!, ele em alta voz: - Aleluia!... fomos então ao Bairro Aeroporto, onde havia feito as Conferências ano passado, a emoção foi muito grande, ao nos aproximarmos do local meu coração ficou acelerado... poder rever os tão amados irmãos que ficaram... quando chegamos ao bairro algumas crianças do local já me reconheceram e vieram correndo gritando: - Pastor, pastor! Ao entrar na escola onde se reúnem agora foi muito bom... pude ver ali rostos que haviam se batizado ano passado partilhando juntamente com os irmãos no culto... o Ricardo estava cuidando do grupo, foi muito bom estar ali... o último lugar que passamos foi o Bor, o Pr. Cristiano ( irmão do Mabola que mora em SP ) estava pregando, ainda não conhecia esse grupo.  A tarde houve uma reunião administrativa na igreja, onde os departamentos fazem um relatório do que fizeram no trimestre e os irmãos avaliam e dão opiniões para melhorias, algo muito positivo e bom para o crescimento e desenvolvimento dos departamentos.

Escola Adventista Betel

Gabi, com uma das turmas da Escola Betel

       No domingo a Gabi teve de trabalhar durante a manhã, devem passar as notas dos alunos para encerramento do trimestre, então coloquei minha roupa de “dono de casa” e deixei tudo organizado e pronto para sua chegada... a tarde marcamos uma reunião com os Diretores de Jovens, Desbravadores e Aventureiros da igreja central, aonde conseguimos discutir melhorias para esses departamentos com novidades, ideias, propostas... tudo correu muito bem, também definimos pontos importantes para o Acampamento de Jovens na Ilha de Bolama na Páscoa e o trabalho evangelístico a ser feito lá durante as noites. Às 16:00 fomos para a reunião do Clube de Desbravadores Águia, me deram a incumbência de criar uma entrada especial de Desbravadores para um casamento, então fomos ensaiar, ensaiamos 2 horas seguidas... a muito trabalho a ser feito até o dia. No período da noite participamos com alguns casais da igreja central e do Santa Luzia de um pequeno encontro de casais, onde apresentaram um vídeo de comunicação entre casais e saúde, passamos horas agradáveis com os irmãos ali no restaurante Papa Loca, conversamos, rimos, uma ótima confraternização.

Encontro de Casais no Restaruante Papa Loca
Fomos os primeiros a chegar...

Mais uma semana começa... Cristo à frente!

sexta-feira, abril 08, 2011

Chegou o dia...

       É agora vai... dia 29 de março, acordamos as 4:00 da manhã, nos arrumamos, carregamos as malas... fomos para o Aeroporto de Londrina - Paraná ( graças a Deus conseguimos um vôo barato que pudéssemos levar todas as nossas malas ), lá foram os últimos momentos que passamos com a Família... despedidas... sempre são complicadas.  Os últimos abraços, as últimas recomendações, os últimos olhares... neste momento as lágrimas são inevitáveis... não estaríamos separados pela divisa de um estado, mas, agora por um oceano todo... um outro continente nos aguardava... avós, tias, primos, sogro, sogra, cunhada, todos em uma única sintonia e sentimentos, um misto de dor e felicidade que era nítido no olhar... - Temos de ir!, foi a última frase que ouviram de mim ao chamar a Gabi para apresentar as passagens e passaporte... Mal deu tempo de lermos os cartazes de despedida que fizeram, mas que de longe vimos abertos ao subirmos as escadas para o avião... o que posso dizer... o coração já sente Saudades!!!  Dentro do avião pude sentir a emoção pela qual a Gabi estava passando... lágrimas rolavam... a abracei e disse: “Nosso sonho está pertinho de ser realizado”, ela balançou a cabeça afirmativamente e sorriu... às 6:00 partimos, o primeiro vôo da Gabi...


       Tínhamos uma conexão em Curitiba ficamos lá por 2 horas + ou -, chegamos a Guarulhos às 10:00 e teríamos de esperar para embarcar para Porto – Portugal, o vôo era somente às 18:30, o coração estava apertado.  No meio da tarde chegaram nossos Amigos, o casal Jonas Emidio e Jiani que também nos acompanhariam nesta nova jornada... a mesma expectativa pude perceber em seus olhos... estávamos todos meio que paralisados, sem realmente acreditar no que estava acontecendo em nossa vida, coisas que somente a mão poderosa de Deus é capaz de realizar... De Guarulhos - Porto, mais uma conexão, Porto – Lisboa, na capital de Portugal tivemos um tempinho, pois, chegamos perto do meio dia e só iríamos para Guiné às 22:00, tivemos então a oportunidade de conhecer um pouco da capital nos arredores do Aeroporto, foi através de um panfleto de turismo a descoberta que o Oceanário ficava bem próximo, resolvemos os 4 ir caminhando, assim podendo conhecer um pouco mais da linda Lisboa ( até onde vimos )... como já havia passado da hora do almoço paramos em um local para comer... e lá encontramos um brasileiro de Rondônia ( não teve como não lembrar do Samuel Souza, amigo de Faculdade que é de Rolim de Moura ), continuamos nosso Tur... vegetação e construções muito bonitas, ruas limpas, pessoas simpáticas e belos edifícios... a visita ao Oceanário foi fantástica, havia várias espécies, o local era dividido pela vida marinha de cada oceano... realmente valeu a pena. No entanto não conseguíamos ver a hora de chegar logo a Bissau... para mim a expectativa de rever os irmãos e conhecer a nossa nova casa.
Primeiro vôo da Gabi

No oceanário em Lisboa

Nossa chegada a Portugal

No aeroporto em Lisboa

Linda a capital Portuguesa
       Depois de mais algumas horas de vôo chegamos a Bissau, capital de Guiné-Bissau... Isso era 1:00 da madrugada no horário local, um pouco ainda perdidos pelo fuso horário, a diferença é de 3 horas a mais do horário do Brasil. Esperamos quase 1:00 para pegar as malas, estava com o coração disparado... mal podia esperar para rever nossos irmãos... ao olhar para a porta de saída do aeroporto consegui avistar o Ricardo, o Sidônio e o Nerson ( que me auxiliaram no Evangelismo em julho de 2010 no bairro do Aeroporto ), com largos sorrisos no rosto acenando insistentemente... confesso que meus olhos marejaram... fiquei muito emocionado ao vê-los alí... não haviam me esquecido e muito menos eu deles. Juntamente com o Pr. Herculano Gomes ( Presidente da Missão ) fomos eufóricamente recebidos, disseram a Gabi: - Você já conhecíamos por fotos! rsrsrsrs... muitos abraços, sorrisos, palavras de boas vindas... carregamos as malas no carro da Adra e fomos em direção a nossa nova casa, agora em Bissau... no caminho a Gabi, Jonas e Jiani já perceberam um pouco do país que vive a noite em uma quase completa escuridão... com iluminação somente nas ruas principais. Os batimentos iam aumentando ao passo que nos aproximávamos de nossa casa.

Entrada da nossa casa

Sejam Bem Vindos!
       Quando chegamos na frente do prédio da Missão, fomos dirigidos ao fundo, onde ficam as Casas de Passagem, que agora seriam nossas casas... todas limpas aguardando nossa chegada, com uma cama e colchões emprestados, também um mosquiteiro ( é essencial na proteção ao mosquito que transmite a malária, ou paludismo como chama aqui ), uma cortina azual na janela deixava-a com uma imagem pitoresca dizendo-nos: - Sejam vem vindos a Bissau! A irmã Lidia ( esposa do Pr. Herculano) já havia providenciado tudo para nossa chegada... já de início tivemos uma notícia maravilhosa, teríamos energia elétrica 24 horas por dia ( Deus seja louvado!!! ), também até nossa casa chegava água encanada ( para usarmos no banho, lavar louças, na limpeza ), isso realmente era uma grande surpresa e uma benção de Deus, pouquíssimos guineenses tem condições de ter energia e água em casa, nós fomos agraciados. Acomodamos as malas, oramos agradecendo a Deus por tudo, nos despedimos do Pr. Herculano, do Ricardo e de noss casal de Amigos, e passamos algumas horas conversando sobre aquilo que ainda parecia um sonho... ainda não acreditávamos completamente!

Nossa cama emprestada e o mosquiteiro
     
       Logo, logo colocaremos mais fotos de nossa nova casa, da cidade, das pessoas... e contaremos como foi nossa primeira semana em Bissau, nosso primeiro Pôr do Sol e Sábado... acompanhem e aguardem!

       Lembrem-se: 
"Entrega teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará." Salmo 37:5

quinta-feira, abril 07, 2011

De sonho a realidade!

Olá Amigos, familiares, irmãos... todos aqueles que amam a Deus e fazem a sua vontade...

     Hoje faz uma semana que chegamos a Bissau, capital de Guiné, a partir deste post vamos deixá-los a par de tudo que estamos vivendo neste país, onde pelos próximos anos será o nosso Lar...
     A saudade  já é grande e aperta o coração, principalmente por termos nos despedido de pessoas que amamos tanto, sabendo que por algum tempo estaremos fisicamente separados... e também porque tudo aqui é muito diferente... realmente estamos passando por um choque cultural... mas, estamos muito, muito felizes pois o que havíamos sonhado Deus tornou realidade.
     Eu e a Gabriela iremos sempre compartilhar com vocês tudo aquilo que presenciarmos, todas as curiosidades do país, os costumes, os desafios, as bençãos, os milagres ( com certeza serão muitos ), pois essa Missão não é só nossa é compartilhada com muitos que nos apóiam, através de orações, doações, palavras de carinho e incentivo, e é por isso que nada mais justo  acompanharem tudo que passarmos aqui, como se cada um de vocês estivessem ao nosso lado.
       Amanhã se tudo der certo atualizaremos todas as notícias desde nossa chegada... 

         Contamos com a oração de todos!!!

Nossa primeira foto juntos em Bissau

Apoio total da ACP - Associação Central Paranaense.

Entrevista: Desafio 10/40

Igreja Adventista na região central do Paraná envia missionários para a África com o propósito de ampliar o estudo da Bíblia e plantar novos templos


A Igreja Adventista do Sétimo Dia na região central do Paraná (ACP) começa o ano de 2011 estabelecendo metas para atingir interessados em estudar a Bíblia e plantar novos templos em todo o seu território. No entanto, ela também reconhece a realidade de outras localidades, inclusive em outros países, que não possuem um número significativo de instrutores que possam compartilhar o conteúdo bíblico, ou mesmo congregações para que os membros se reúnam semanalmente. Com o propósito de auxiliar o crescimento da Igreja no mundo, ela enviará em março dois missionários para Guiné-Bissau, um dos países do continente africano inserido na Janela 10/40. Para a missão foram convocados o pastor Rodrigo Oséias Assi e a professora Gabriela Assi, sua esposa. Eles permanecerão lá durante dois anos e tem o desafio de levar outras pessoas a conhecerem os ensinamentos bíblicos e estabelecer novos templos por onde passarem. Para o pastor, trabalhar naquele país não será novidade, já que em 2010 ele atuou ali como evangelista, quando ainda era estudante de Teologia. E, por isso, compreende a dimensão do que precisa ser feito. 

Pastor, você esteve na África no ano passado trabalhando em um projeto missionário com outros estudantes. Que desafios vocês encontraram?
Nós fomos para Guiné-Bissau em oito estudantes, formandos do curso de Teologia do Unasp, campus Engenheiro Coelho, juntamente com o pastor Natanael Moraes, coordenador do projeto. E foi um choque, um choque cultural. É muito diferente de tudo o que nós conhecemos, de tudo o que nós temos aqui no Brasil. Mesmo o modo de vestir, mesmo eles falando a língua portuguesa, é um português mais parecido com o de Portugal. Também tem o crioulo, que eles usam muito, principalmente as pessoas mais velhas. E o local, a vegetação, as casas, os costumes, tudo é diferente, e tudo foi muito surpreendente para nós que estivemos lá. Foi a primeira viagem internacional que eu fiz também, então foi uma emoção muito grande.

E em termos de desafios missionários, o que vocês encontraram lá?
Guiné-Bissau tem mais ou menos 1,6 milhão de habitantes. Desse total de pessoas, 50% são animistas. Eles acreditam nos espíritos, eles cultuam os espíritos, e eles adoram o diabo abertamente, que eles chamam de Irã. 45% da população é muçulmana, e apenas 5% é cristã, e desses 5%, 0,01 adventistas. Faz parte da janela 10/40, então é um grande desafio para a pregação do evangelho naquela localidade. Então foi uma grande surpresa quando nós chegamos lá e tivemos o contato com as pessoas que adoravam ao diabo. Foi um trabalho voltado exclusivamente para essas pessoas, onde nós a cada noite ensinávamos que realmente havia alguém mais poderoso que o diabo. Começamos a apresentar desde a criação do mundo, desde a guerra no céu, o conflito, apresentamos a Deus, a Jesus, e eles foram descobrindo passo a passo que existe Deus. A maioria não sabia que existia Deus.

E havia resistência por parte dessas pessoas, principalmente aquelas que já acreditavam em Irã, em outros deuses, em aceitar a Jesus e a Bíblia, mesmo pela questão de ter medo de que depois esses espíritos viessem os atormentar?
Você tocou no ponto certo. Na realidade, a adoração deles é pelo medo. Então eles adoram porque eles têm uma certeza de que eles não vão ter doenças, que não vão ser acometidos da morte e que seus filhos não vão sofrer enfermidades. É uma adoração pelo medo, e até eles entenderem que quando eles se voltam pra Deus, que Deus os protege e que tem uma força muito maior do que Irã, do que o diabo, leva um pouco de tempo. Também porque eu estava pregando em português e o pastor estava me traduzindo para o crioulo. Tem aquela dificuldade também de passar aquilo que se está dizendo de forma correta. Mas é impressionante você ver quando as pessoas começam a enxergar e a verdade passa a fazer parte da vida delas. É indescritível o que você sente ao ver esse retorno das pessoas.

Você agora está retornando para África para realizar ali um projeto evangelístico. Mas por que especificamente a África, já que aqui no Brasil mesmo nós temos muitos desafios de missão global? Sabemos que a África está ali na região da Janela 10/40, que é uma região difícil de ser atingida pelo cristianismo, mas por que voltar para lá e não continuar um projeto ou dar início a um projeto aqui?
Na verdade, eu sempre quis ficar no Brasil. Nunca tinha tido a vontade de trabalhar em outros países. Só que esse projeto do meio do ano junto com o pastor Natanael realmente causou uma transformação no meu foco de missão, e ver a realidade das pessoas lá, ver o que elas sentem, o que elas passam, e saber que tem tão poucos que podem ajudá-los, treiná-los, encaminhá-los e fazer realmente diferença na vida deles fez com que esse espírito missionário brotasse mais profundamente. O Espírito Santo trabalhando de uma forma mais forte. A minha esposa sempre teve o desejo de ser missionária. E quando eu voltei para o Brasil e disse para ela que havia mudado a minha concepção sobre missão em países estrangeiros, ela ficou muito feliz. Oramos, conversamos, nos aconselhamos com alguns pastores e decidimos então que se fosse a vontade de Deus que servíssemos em outro país que nós estávamos dispostos.  E todas as coisas foram encaminhando, procedendo de uma forma certa com a direção de Deus, e a Associação abraçou esse projeto, os pastores nos ajudaram, empresários se prontificaram, e agora em março nós estamos indo para lá.

Quais serão as prioridades ou os projetos que vocês vão desenvolver lá? Como vai ser a rotina de vocês?
A prioridade é realmente o evangelismo. Vamos fazer algumas campanhas evangelísticas durante este primeiro ano com o objeto de plantio de Igrejas. Como é um país que não possui energia elétrica, água encanada, nenhuma dessas comodidades que nós temos no Brasil, então se você faz uma campanha onde você tem um local que tenha luz, que tem um projetor e as músicas, muitas pessoas são atraídas. É incrível, muitas pessoas ficam aglomeradas naquele lugar para saber o que está acontecendo. E também vamos fazer treinamentos com os irmãos, apoio pastoral às Igrejas, a minha esposa também está indo como professora da Escola Adventista. Vamos realizar projetos de voluntariado pra capital, que é onde nós vamos ficar, e desenvolver todos esses mecanismos para que possamos atingir as pessoas para que elas possam conhecer a Jesus.

O que os missionários mais necessitam quando eles vão para uma região como essa? No ano passado, quando vocês estiveram lá, vocês até fizeram uma campanha pedindo doações para que vocês levassem Bíblias. É diferente agora, vocês também precisam de Bíblias para essas pessoas?
Nós precisamos de doações em dinheiro para que essas compras sejam efetuadas lá. Porque como é uma viagem longa, as empresas aéreas não permitem que se leve muito peso. Não tem como nós levarmos muitas coisas aqui do Brasil, então as doações específicas em dinheiro são mais úteis. Agora, por exemplo, nós precisamos de um projetor para que possa ser usado nas campanhas evangelísticas lá. São esses materiais, desde um folheto, de uma lição da Escola Sabatina, de algo simples que pra nós é tão fácil, lá eles não possuem. Então as doações em dinheiro causam um efeito muito grande nesses países, principalmente lá em Guiné-Bissau.

Como você enxerga então o papel do missionário no século XXI? Hoje você pode atingir várias pessoas por meio da internet, do rádio, da televisão, mas ainda existe a necessidade de se deslocar de um local para o outro, até mesmo para um outro continente para poder falar dessa mensagem para as pessoas?
Eu acho que Deus precisa de pessoas e capacita pessoas em todas as áreas, de todas as formas e com vários objetivos diferentes. E Deus precisa de homens e mulheres que se disponham a sair da suas zonas de conforto, daquilo que está ali certinho, arrumadinho, na sua comodidade para encarar novos desafios. A obra de Deus é uma obra desafiadora. Nós somos chamados para ir a todos os povos, de todas as línguas, em todas as nações para pregar. Então nós precisamos de homens e mulheres que se disponham para isso. É claro que você pode ser um missionário no seu bairro, na sua cidade, no seu estado, no seu país, e Deus precisa de homens e mulheres para isso também. Só que Deus também precisa nas suas fileiras de homens e mulheres que se desprendam de tudo o que eles tem para ir fazer o bem a pessoas que tem muito menos do que você tem.

E quais são as suas expectativas diante desse desafio?
Nós queremos trabalhar fortemente em Guiné-Bissau, dar o melhor que nós pudermos, usar todos os nossos dons, os nosso talentos. E realmente fazer algo que fique marcado na vida daquelas pessoas, daquele país, e que principalmente muitas pessoas possam vir a conhecer a Jesus, entregar sua vida a ele, e fazer com que realmente a obra seja levada e realmente Jesus possa voltar logo. Esse é o nosso maior objetivo e a nossa maior expectativa.

Para quem pensa em ser missionário um dia, quais são os passos necessários?
Agora nós temos no Unasp, campus Engenheiro Coelho, um núcleo de missões e crescimento de Igreja. As pessoas que tem interesse em ser voluntárias podem entrar no site do Numci [numci.org.br], se cadastrar e assistir vídeo aulas. Não precisa sair da sua casa. Pela internet você faz as aulas, responde as perguntas, demonstra seu interesse. E o Núcleo de Missões está com projetos para leigos com duração de um mês, 15 dias, 20 dias, dois meses, dependendo da disponibilidade que a pessoa tem. Então hoje você pode também, como eu, sair do Brasil, ir para outro país, e também fazer a vontade de Deus como missionário  voluntário.

E esse treinamento do Numci é muito importante para que a pessoa até saiba as dificuldades que você pode passar em outro país, esse choque cultural que você às vezes enfrenta, e também para saber como lidar com essa situação em outro lugar.
É verdade. E aquelas pessoas que pensam: mas como vou ser missionário? Eu saí de uma cidadezinha pequena do Paraná, Quatiguá, sete mil habitantes, fui para o Unasp, fiz Teologia e as portas foram se abrindo. Deus foi direcionando tudo. Então você também pode. Se eu posso, se eu vou, você também pode.

Mas para ser missionário você não precisa sair do Brasil. Você pode ser missionário aqui mesmo, no seu campo.
Não, com certeza. E com certeza a Associação e os pastores também têm projetos especiais aqui para o campo. A Associação pode passar para as pessoas interessadas quais são esses projetos e como participar. Temos agora também a Missão Calebe, que é um projeto muito legal e muito importante.

E depois desses dois anos, o que você pretende fazer? Pretende dar continuidade a esse projeto, outra pessoa vai assumi-lo?
A princípio a ideia é que depois desses dois anos nós voltemos ao Brasil e outros possam ir e dar continuidade ao trabalho. Mas como Deus está à frente de tudo e nós não sabemos o que espera o amanhã, nós estamos entregues nas mãos de Deus. Os planos dEle são os nossos planos.

por Jefferson Paradello
Jefferson.paradello@adventistas.org.br
Associação Central Paranaense

Você pode ser um Missinário também...Coloque-se nas mãos do Pai e diga-lhe:

"  Envia-me".

Quando recebemos a notícia...

Pr. Rodrigo e sua esposa Gabriela Assi

Acabamos de receber a notícia do patrocínio do primeiro casal enviado pelo NUMCI para Guiné Bissau a partir de final de Janeiro. Esse é o resultado da parceria do NUMCI com uma associação aqui do Brasil a Associação Central Paranaense (ACP). Queremos agradecer os esforços da ACP na pessoa do seu presidente Pr Moreira. É impressionante o desejo de brasileiros de apoiarem o trabalho mundial da igreja, diante do clamor do campo mundial que nós nos envolvamos.


O Pr Rodrigo e sua Esposa Gabriela Assi estarão envolvidos essencialmente no evangelismo da população local. Estamos procurando doadores para a construção de 10 igrejas em 5 anos, que estarão sendo administradas pelo casal Assi. Até agora já temos a promessa de 02 igrejas para 2012 e mais 02 para 2014. Precisamos iniciar a construção de pelo menos uma igreja em 2011. O custo de uma igreja está ao redor de 20.000 a 25.000 reais (custo a ser confirmado com o Presidente da associação Pr Herculano).
A vocês dois corajosos, desejamos as mais ricas bênçãos de Deus e a guia especial da Sua mão nesse lugar tão difícil. Nossas orações estarão acompanhando vocês a cada momento, e quando vocês estiverem enfrentando o inimigo cara a cara, sintam se carregados por nossas orações.

Fonte: http://missoes.numci.org/guine-bissau-o-primeiro-casal-pastoral-brasileiro/

Quer ser um Missinário? Acesso o site http://missoes.numci.org

Conhecendo um pouco de Guiné-Bissau...


     Guiné-Bissau é um país da costa ocidental da África, faz fronteira ao norte com o Senegal, a leste e sudeste com a Guiné-Conacri e a sul e oeste com o oceano Atlântico. Além do território continental, integra ainda cerca de 80 ilhas que constituem o Arquipélago dos Bijagós. Foi uma colônia de Portugal até ser reconhecida independente pelo mesmo em 10 de setembro de 1974.
     Com uma área de 36 126 km², o país é um pouco maior que o estados de Alagoas e Sergipe no Brasil. O interior é formado por savanas e o litoral por planícies pantanosas.  O período chuvoso alterna com o período de seca, com ventos quentes vindos do deserto do Saara.  Situada aproximadamente a meia distância entre o Equador e o Trópico de Câncer tem um clima tropical, característicamente quente e úmido. Há duas estações distintas: a estação das chuvas e a estação seca, sendo as temperaturas muito elevadas durante todo o ano.

     

     A população atual de Guiné-Bissau é de 1,5 milhão de habitantes, constituída por mais de 20 etnias, com línguas, estruturas sociais e costumes distintos. Alguns grupos étnicos importantes são os balantas, os papéis, os fula, os mandiga, os manjacos e os mancanhas. A lígua oficial é a portuguesa, no entanto a língua veicular interétnica, ou língua social como chamam aqui é o crioulo.
     A estrutura etária do país é de 42% entre 0 – 14 anos, 55% entre 15-64 anos e de 3% acima de 65 anos. Sendo a expectativa de vida total da população de 49 anos, a taxa de mortalidade infantil de 130 mortes para cada 1000 nascimentos e a de nascimento 5,27  crianças por mulher.
 
    

 
     Guiné-Bissau segundo a ONU é o 6º país mais pobre do mundo, por isso depende principalmente da agricultura e pesca. As colheitas do caju aumentaram notavelmente nos últimos anos, e o país alcançou agora o sexto lugar na produção da fruta. Guiné-Bissau exporta peixes e frutos do mar e, também, quantidades pequenas de amendoins, de sementes de palma e de madeira. O arroz é a colheita e o alimento principal do país. Entretanto, a luta intermitente entre tropas senegalesas do governo e uma junta militar destruiu muito da infra-estrutura do país e causou os danos difundidos à economia em 1998. A moeda corrente é o Franco CFA, fazendo a equivalência para o Brasil, R$ 1,80 = 445 FCFA.


     Devido a guerra civil o país sofre muito com a questão da energia elétrica, sendo possível somente através de geradores, onde o custo se torna altíssimo, poucos tem acesso a esse bem; outra questão crítica é a água, a maioria das pessoas a conseguem através de poços e pouquíssimos a possuem encanada. Energia elétrica e água potável, indispensáveis a todos e artigo de luxo em Guiné.
     A religião predominante entre 50% dos guineenses são as crenças animistas, onde invocam os espíritos dos mortos e antepassados, realizando rituais de adoração e oferendas a Irã ( Diabo ); 45 % da população são islãmicos e apenas 5% são cristãos.
     
     Isto foi só um pouquinho do muito que conheceremos juntos desse país africano com um povo tão amistoso e alegre.